sol

Complilance Tributário como fator na redução de custos

31/12/2018
sol

Em um país onde temos uma das maiores cargas tributárias e um dos mais complexos sistemas tributários do mundo, sem falar das elevadas multas, os empresários brasileiros precisam, de forma rotineira, aplicar um processo de complilance nas suas práticas tributárias.

Segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), existem 63 impostos e 97 obrigações acessórias no Brasil e cada empresa deve seguir em média 3.790 padrões tributários, dos quais mais de 30 são modificados diariamente. É praticamente impossível os responsáveis pela divisão de impostos estarem plenamente atualizados sobre as mudanças.

Para evitar que as empresas sofram com passivos tributários ocultos é de extrema importância que ela aplique procedimentos extremamente rígidos em suas rotinas, levando em consideração diversos fatores que vão além das alterações na legislação tributária.

Entre os pontos a serem considerados temos a análise de fatores internos,  que compreendem a um treinamento constante de seus profissionais, uma revisão periódica dos parâmetros de seus sistemas e uma análise frequente do fluxo das informações, isto só é possível através de investimentos em melhorias contínuas, e um bom assessoramento externo através de profissionais especializados.

Entre os fatores externos, temos que promover uma análise constante dos fornecedores e clientes através de auditorias periódicas na cadeia produtiva, já que a legislação brasileira prevê sanções pesadas por solidariedade.

O departamento fiscal, e entenda como departamento fiscal todas as áreas da empresa,  é responsável por recepcionar todas as informações geradas no dia a dia - que pode se iniciar em uma simples requisição de compra ou de venda – e deverá prever os primeiros parâmetros tributários, que caso não estejam corretos, comprometerão todas as etapas subsequentes até a apuração final dos tributos.

A prevenção de riscos nas práticas tributárias e de suma importância em um mundo competitivo com margens cada vez mais apertadas. As empresas não podem correr riscos de terem dispêndios desnecessários com tributos ou surpresas desagradáveis com pesadas multas e só um bom processo de complilance poderá dirimir esses riscos.

Nós da Crowe temos uma equipe especializada que poderá auxiliar na elaboração do seu plano de negócio e na escolha do regime tributário mais adequado, minimizando riscos e agregando valor para sua empresa.